Brasil — Monitoreo de Flujo de Población Venezolana - Rodada 5 (Novembro 2019)

Contact
iombrazil@iom.int
Language
Portuguese
Location
Brazil
Period Covered
Oct 30 2019 -
Nov 18 2019
Activity
  • Survey
  • Migration Flows

Summary

Como parte do processo de monitoramento  dos fluxos de venezuelanos para o Brasil no estado de Roraima e, com o objetivo de promover uma migração segura, ordenada e digna, a Organização Internacional para as Migrações (OIM) publica este quinto relatório da Matriz de Rastreamento de Deslocamento (DTM). Os dados foram coletados por meio de pesquisas realizadas em estado de Roraima, em novembro de 2019. São apresentadas informações sobre perfis populacionais de venezuelanos relativos a educação, ocupação, saúde e proteção.  Foi financiado pelo Escritório de Populações, Refugiados e Migração (PRM) do Departamento de Estado dos Estados Unidos da América.


De 30  de outubro a 18  de novembro de 2019, a equipe da OIM realizou 1.767 entrevistas de monitoramento do fluxo migratório por meio de uma rede de 15 pesquisadores DTM, em 14 municípios do estado de Roraima: Boa Vista, Pacaraima, Alto Alegre, Amajarí, Bonfim, Cantá, Caracaraí, Caroebe, Iracema, Mucajaí, Normandia, Rorainópolis, São Luis do Anauá e São João da Baliza. A pesquisa foi realizada para coletar informações sobre pessoas que vivem nos bairros desses municípios. Os entrevistados eram venezuelanos com mais de 18 anos. De acordo com dados da Polícia Federal, entre janeiro de 2017 e setembro de 2019, 504.142 venezuelanos entraram e 291.142 venezuelanos saíram, dando um saldo migratório de 213.000.